31.10.08

EXCITAÇÕES NA BIBLIOTECA DE BABEL

.
.
.
.
.
.
.
Ao princípio não me apercebi que lugar era aquele. Tinha acabado de deslizar para aquele estado de bem-aventurança pós orgasmo, quando a porta do quarto mudou de cor e o espaço que me envolvia transformou-se por completo.A cama com os lençóis de linho branco, todos emaranhados, desapareceu. O roupeiro embutido na parede desapareceu. Olhei para o meu lado e, já sabia que assim seria, B desapareceu também. Só o grande espelho que forrava a parede fronteira à cama tinha ficado, embora o seu brilho agora fosse cinzento metálico. Devia ser para combinar com o tom metálico da porta.
.
.
.
Olhei-me a ver se continuava eu mesma, e suspirei de alívio. Os seios eram os mesmos, um bocadinho mais erectos do que o costume, a barriga era a que eu conhecia, os pelos púbicos aparados como sempre e os pés, eram os meus pés! Sem dúvida que eu não mudara.
.
.
.
A medo abri a porta e entrei numa galeria hexagonal com um poço de ventilação no meio, cercado por parapeitos baixíssimos. As paredes estavam forradas por estantes com livros. Olhei para cima e os pisos de galerias idênticas estendiam-se até ao infinito. Olhei para baixo e era o mesmo cenário. Onde estaria? Numa biblioteca, sem dúvida, mas que biblioteca? Não tinha conhecimento de nenhuma assim.Resolvi passar para a galeria seguinte e vi a minha imagem reflectida no espelho do saguão de ligação das galerias. Estava nua, apenas com umas meias pretas e ligueiros, mas sem cinto de ligas. Observei melhor e reparei que os ligueiros estavam presos aos grandes lábios com umas molas pretas. Senti a excitação expandir-se pelo meu corpo nu à medida que caminhava para a próxima galeria hexagonal. Cada passo que dava fazia com que estremecesse de prazer e me arrepiasse toda.No que me pareceu uma eternidade, acabei por chegar à próxima galeria. Era igual à outra, cheia de estantes e livros. Ao acaso puxei uma lombada de cor preta. Voltei-o para ver a capa e quase o deixei cair de incrédula. A capa era igualmente preta, com uma fotografia de uma mulher nua ajeitando as meias pretas com ligueiros. Mas não foi isso que me fez tremer as mãos e quase deixar cair o livro.
.
.
.
Foi o título do livro, EXCITAÇÕES, em letras brancas e grandes, e em letra mais pequena, Fotografias de B...
.
.
. Devia estar a sonhar! Sem largar o livro decidi passar para outra galeria e só então reparei no bibliotecário que se encontrava à secretária, escondido na penumbra do próximo saguão de ligação. Resolvi perguntar-lhe como se poderia sair dali. Respondeu-me com um sorriso, - Minha querida, não se sai da Biblioteca de Babel, a menos que se tenha encontrado o livro escrito por nós. Como a Biblioteca é interminável, é como encontrar uma agulha num palheiro...!
.
.
. - Mas eu encontrei! Ainda não o escrevi, mas encontrei!, disse quase a chorar de alegria.- A Biblioteca tem todos os livros escritos e por escrever. Se o encontraste, então o teu lugar não é aqui...! A Biblioteca é um lugar de busca...Deixei de o ouvir, no momento em que senti o braço de B a envolver-me a cintura. Na atrapalhação da saída, deixei cair o livro no poço vazio, mas ainda consegui ler a placa branca que se encontrava bem no topo da secretária: - J.L.Borges – Bibliotecário
.
.
.

36 comentários:

Malena disse...

Los sueños a veces nos llevan por caminos de los que no sabemos salir. Quizá esperando una mano que nos lleve hacia afuera.

Um beijo, Mª Mercedes

Cantinho dos devaneios disse...

Uma das coisas que sempre me intriga nos sonhos é que, normalmente, terminam antes do fim da história, independente de o motivo da interrupção ser externo, como foi aqui o caso do braço de B., ou interno ao próprio sonho.

Em todos os casos fico sempre suspenso sobre onde me poderia ter levado se não tivesse sido interrompido.

doiSabores disse...

Bons sonhos...

Beijos saborosos

Pekenina disse...

Há sítios tão bons de nos perdermos ;)

O Fantasma e o Anjo disse...

Bons sonhos...beijo e abraço

Shelyak disse...

Saudades de vos ler... ao tempo..
Que bom !!!!
:)))

Casal Inviters disse...

Fantastico o blog...:)
fica o convite a nos visitares!:)
bjs
Ines e filipe

Antonio saramago disse...

Sonhar é belo, frustrante é ele acabar e cair-mos na realidade.

Abssinto disse...

Profundo e profinquo. Sonhador, como sempre.

bj

Paradoxos disse...

narrativa bem desenhada capaz de nos envolver e nos fazer viajar...

teu abraço

Edu

JOTA ENE ® disse...

Tinha saudades de vir ao teu cantinho... e como é hábito, gostei.

Bjs

mariazinha disse...

Fizeste-me lembrar "O nome da rosa", com a tua biblioteca interminável...

Ainda bem que encontraste o TEU livro :)

beijo*

David disse...

e aquela cena de sexo no o nome da rosa :)

João disse...

Ola

Assim vale a pena sonhar.

Beijinhos

Lyra disse...

Decididamente gosto muito de te ler!

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra

JOTA ENE ® disse...

(¯`v´¯)¤
.`•.¸.•´
¸.•´¸.•´¨) ¸.•*¨)
(`'·.Feliz¸.·'´)
(`'·.Natal!¸.·'´)
¸.·*)*¸.·´¨)*´¨)¸.·*¨)
(¸.·(¸.·´ .·´¸¸.·´*´¨)

REFLEXOS di LUNA disse...

Nunca passeies nua numa biblioteca pública, podes constipar-te... A menos que seja em sonhos e mesmo assim certifica-te de que o aquecimento está ligado.

Texto delicioso cheio de pormenores de requinte.

Reflexos & Luna

Malena disse...

Mª Mercedes, vengo a desearte que el Niño que nació en Belén, derrame sobre tí y tu familia, toda clase de bendiciones.

Feliz Navidad.

Um beijo.

Peach disse...

Um feliz natal para ti cheio de prendinhas boas e gostosas, junto das pessoas que mais amas.

Desculpa andar tão afastada dos comentarios, mas tenho andado cheia de trabalho e com coisitas pra fazer ;)

beijossssss
voltarei em breve

Lyra disse...

Venho desejar um Feliz Natal, cheiínho de prendinhas e um Excelente 2009, replecto de carinho, boa disposição e sucesso!

Beijinhos de Boas Festas

Lyra

;O))))))

Malena disse...

¡Feliz Año, Mª Mercedes! Para tí y tu familia.

Um beijo.

Devaneante disse...

Passei por aqui para desejar uma óptima entrada em 2009, e para deixar votos de que este novo ano traga só coisas boas!

Também aproveito para dizer que tenho saudades dos teus textos.

zm disse...

...

Então?
Deixas os teus admiradores sem nada para ler?
Que o motivo seja a felicidade...

All the best

Wilke disse...

É optimo perdermo-nos...num sonho real!

Optima expressividade!
Boa construção textual!

Mtos Parabens!

paradoXos disse...

mais um abraço meu!

Érica disse...

Muito bom ler o que escreve! Maravilhoso estar aqui. Parabéns!!!

Hira disse...

Sempre tão enigmático e profundo, gosto de te ler...

Anónimo disse...

Continuas incrivelmente excitante ;)

http://intimomisterio.blogs.sapo.pt/

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

______________________________
Então Maria, tá td bem?

Lyra disse...

Olá, venho desejar uma Boa Páscoa, replecta de amêndoas e boa disposição.

Beijinhos e até breve.

Lyra
;O)

Wilke disse...

Muitos parabens!
Bem construido!

casa de passe disse...

um 1º de Maio sem violência e tranquilo, com sol e esperança

Um beijo da

NINI

emprivado disse...

belo comentário! lido um pouco tarde, mas pronto...parabéns

Abssinto disse...

Vim lançado...Aguardo por novidades... bj

Anónimo disse...

Fiquei muitíssimo contente, Mercedes!! Muito boa sorte! a qualidade vem sempre ao de cima... ficarei `a espera mas também quero que me informes;)

beijos
abssinto

Michel Saer disse...

WOW, amo tus palabras María Mercedes muy exitnates y bellas al mismo tiempo. Un abrazo.

 
Site Meter